Press "Enter" to skip to content

Glória infinita

Last updated on 19 de janeiro de 2022

Composição: Antônio Melé

Intérprete: Silvana Martins

Músicos: Andrey Feitosa (surdo/tamborim), Toninho Melé (cuíca/pandeiro), Edmundo de Souza (rebolo), Raphael Almeida (bandolim), Paulo Pereira (cavaco), Fernando Botelho (violão de 7 cordas).

LETRA

A minha glória é infinita,
Ninguém pode levar.
Já fiz tudo que se faz no samba,
Inclusive amar.

Amei como ninguém amou.
Sambei como ninguém sambou.
Quando eu morrer eu deixo a fama,
Tristeza bela, saudade do samba.

Be First to Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.